Resenha - Animais Fantásticos e Onde Habitam - Roteiro Original - J.K Rowling

Leia mais

Resenha - Não Fale com Estranhos - Harlan Coben

Leia mais

Resenha - Sedução ao Amanhecer - Lisa Kleypas

Leia mais

#Resenha - A Menina que Roubava Livros - Markus Zusak - Por Manu Hitz


A Menina que Roubava Livros
Markus Zusak
Editora: Intrínseca 
Liesel Meminger: a tradutora de emoções e sentimentos
Começo a resenha já antecipando minha paixão por Liesel, a protagonista da história. É difícil não se envolver com o drama da personagem e o seu amadurecimento ao longo das mais de 400 páginas.

   Markus Zusak é um autor extremamente habilidoso na construção de suas histórias e aqui sua criatividade nos surpreende logo na primeira página, pois a narradora é a Morte. Estranhamente, essa temida entidade sente uma afeição especial por Liesel Meminger, uma garotinha de 10 anos, que foi entregue pela mãe a um casal adotivo, no início da Segunda Guerra. O drama de Liesel já se delineia no comecinho do livro, quando o irmão pequenino morre dentro de um trem, a caminho da nova cidade e da nova família que a acolherá. A partir desse momento, Liesel desperta a atenção da Morte - com quem se encontrará outras duas vezes - por roubar o primeiro de alguns livros.

   Hans e Rosa Hubermann são os pais adotivos de Liesel, que recebe do novo pai muito carinho e atenção. Com Hans, um pintor desempregado, aprende a ler e escrever as primeiras palavras no porão da humilde casa onde moram. Também é amparada por ele nas noites de pesadelo que parecem não acabar nunca. Com Rosa, nossa menina descobre o quão dura é a luta pela vida, já que a lavadeira se desdobra para dar conta de casa e das roupas que lava para a vizinhança mais abastada e não poupa palavrões e impropérios para dar vazão à sua revolta e rabugice. É uma época de escassez de tudo: emprego, comida, oportunidades. Apesar dos esforços da mãe e dos trocados que o pai ganha tocando sanfona noite afora, a comida nunca é suficiente e a fome está instalada permanentemente.
 Na Rua Himmel, número 33, Liesel cresce e faz amigos jogando futebol entre os meninos e as brincadeiras que, nessa doce época da vida, aliviam um pouco as dores e o horror da guerra. Rudy é o amigo mais próximo, com quem ela divide aventuras, experiências e alguns segredos. Entre eles nasce uma paixão infantil e isso os aproxima ainda mais.
A mulher do prefeito é uma presença muito importante na narrativa, em meio à sua amargura e solidão entre os livros, que farão os olhinhos de Liesel brilharem a cada vez que entrar na biblioteca do prefeito. Numa vizinhança dividida entre judeus humilhados, alemães hitleristas e alguns fanáticos, personagens secundários ganham peso e constroem, ao lado de Liesel, uma visão da cidade atormentada pelo medo e sensibilizam o leitor, que encontra nas crianças da narrativa a leveza e o adormecimento dessa crueldade real e devastadora.
   Considero como ponto alto da trama a chegada de um judeu à casa dos Hubermann. Max é filho de um amigo de Hans e é abrigado no porão, onde passa a viver escondido e sob forte tensão. Seu passatempo é criar sua versão da guerra em histórias que escreve nas páginas pintadas do ‘Mein Kampf’ de Hitler, com ilustrações e a percepção sensível da sua dor. O convívio com a família faz nascer uma bonita ligação fraternal entre eles. Liesel se empenha em trazer para o judeu escondido as notícias do clima e do mundo, nos jornais que encontra em latas de lixo.
  
 'Para Max Vandenburg, havia o cimento frio e muito tempo para passar com ele. Os minutos eram cruéis. As horas eram um castigo. Erguendo-se sobre ele, em todos os momentos de vigília, havia a mão do tempo, que não hesitava em atormentá-lo. Sorria, apertava e o deixava viver. Que grande maldade podia haver em se deixar uma coisa viva!' (p. 224)
O desfile dos judeus é de pausar a leitura, num pedido de retomada do fôlego. É preciso fôlego, distanciamento, coragem para prosseguir. Fiquei com um profundo sentimento de compaixão repercutindo no coração.
O livro enseja uma forte reflexão ao significado e ao poder das palavras, que tanto encantam Liesel e a levam a tentar descobrir o que elas querem dizer. Nessa busca, passa a roubar livros, única maneira de adquiri-los e entrar em contato com o universo mágico das histórias. É fascinante acompanhar as descobertas que Liesel vai fazendo com cada livro que abre, especialmente depois que aprende a ler e passa a dominar a leitura.
Zusak conseguiu construir uma história que enternece e encanta, faz refletir e emociona. Cria personagens que gostaríamos de encontrar pela vida. Mostra como a simplicidade de Hans, um homem rude, sem oportunidades na vida, pode nos ensinar tão belas lições de amizade e solidariedade. Faz de Liesel uma tradutora de emoções e sentimentos, cuja pureza e carisma prendem a atenção do leitor. Conta uma história de amor e esperança em meio à guerra. Cria sensações e certa melancolia, saudade da infância. Faz ver a beleza dos pequenos gestos que modificam as situações mais difíceis. 


Lindo, sensível, profundo! Arrebatador! É o tipo de livro que tenho vontade de presente

#Li até a página 100 e...

Ola Loves! Como vocês estão? Muito calor por aí? Quero pedir desculpas pelo sumiço, comecei a trabalhar e com isso o rendimento na leitura diminuiu bastante!
Hoje venho compartilhar com vocês sobre a minha leitura atual, contar um pouco sobre o livro "A Redenção de Gabriel"



Primeira frase da página 100.
"Paul passou os braços  em volta dos seus ombros"

Do que se trata o livro?
A Redenção de Gabriel, é o terceiro e último da série, conta a história de um professor muito bem conhecido especializado em Dante e de Julianne, uma estudante, que acaba reencontrando um antigo amor. Várias coisas já aconteceram e agora Gabriel e Julianne estão finalmente casados, como será a vida acdemica de Julianne agora que se casou com um professor, será que as pessoas irão achar que suas dissertações e palestras serão com a ajuda de seu amado?

O que está achando até agora?
Assim como os outros muito bem construído, os personagens estão cada vez mais cativantes, a história só melhora. E aquele drama está cada vez melhor!!

O que está achando da Protagonista?
A Julia a cada livro cresce mais e mais, sempre me surpreendo com algumas de suas atitudes! E Grabriel (suspiros) é sempre o Gabriel né... cheio de romantismo e elegância. Mas seus lado sombrio sem volta e nos deixa mais curiosa!

Melhor quote até agora?
Seu amor me dá coragem.
- Que bom, porque vou continuar amando você. Para sempre.


Vai continuar lendo?
Com toda certeza, já passei um pouquiho da página 100 e confesso que estou com uma certa pena de finalizar a leitura.

Última frase da página 100.
"_Eu teria me casado com ele com uma aliança de brinquedo. Julia disse."

Espero que tenham gostado, e pra quem ainda não começou a ler a série, só digo uma coisa, comece logo, você não orá se arrepender!! 

#Resenha - Aura Negra - Richelle Mead

Aura Negra
Academia de Vampiros #2
Richelle Mead
Editora: Agir
Páginas: 304
Skoob

#Pode conter spoiller do primeiro livro

Quando lemos o primeiro livro de uma série que está sendo tão bem elogiada e o livro não alcança as suas expectativas, você logo pensa em não dar continuidade a série, né? Mas... devido a tantos elogios e a tantos incentivos a continuar a ler a série, você acaba cedendo e dá mais uma chance para a história! Enfim... eu sou de começar uma série e mesmo que ela não me agrade tanto como eu esperava, mesmo que demore eu irei ler os retantes dos livros, com Academia de Vampiros aconteceu isso, resolvi dar mais uma chance a Rose, Dimitri e Lissa. E confesso que iria morrer se não desse continuidade a série!!!
 Nesse segundo livro, mais uma vez nos aventuramos na vida de Rose Hathaway, uma jovem que está estudando na escola de São Vladimir junto de sua melhor amiga Lissa, para ser sua guardiã. Rose nesse livro no meu ponto de vista está mais madura, e a escrita da autora melhorou bastante em relação ao primeiro livro que ficava muito na enrolação, não digo que isso tenha acabado definitivamente, mas deu uma diminuída. 
  Rose está cada vez mais forte e segura de que vai ser uma boa guardiã para sua melhor amiga, protegendo-a dos Strigois. Lissa, por sua vez está evoluindo na  descoberta de sua magia, esta cada vez mais perto de saber seus poderes, mas isso pode deixa-la com algumas sequelas, mas contara com a ajuda de Adrian <3, um jovem com má fama e mimado da realeza, mas que acima de tudo tem sua beleza.
 Em Aura Negra conhecemos a tão ausente mãe de Rose, e logo percebemos a quem a Rose puxou. As partes em que elas se alfinetam são ótimas, outro personagem que ganhou destaque foi o Mason <3, um amor de menino.
 O Romance entre Rose&Dimitri está tão fofo nesse livro, apesar de ser aquele romance discreto, que alguns pensam que teria de ser mais romance sabe? Então, nesse livro vemos mais o lado de Dimitri, no primeiro livro pensei que ele fosse um seco e tal, mas me surpreendi e acabou entrando na lista de desejados haha... brincadeira   sério, a cada cena que Rose&Dimitri estavam conversando eu ficava cada vez mais apaixonada por ele!! 
 Enfim.. digo com toda certeza que o livro me surpreendeu baastante, em Aura Negra teve mais ação, mais emoção, e menos  lenga-lenga!! Entrou para a minha lista de favoritos a série, como estava curiosa com a continuação, já iniciei a leitura do terceiro livro e estou tãão curiosa pelo desfecho que irá ter!! 
 Sei que a maioria das pessoas estão cheias de histórias sobre vampiros, onde é um dos temas mais abordados nos livros ultimamente, mas com toda certeza, Academia de Vampiros tem o diferencial!! Recomendo!! 

Resultado do Top Comentarista Especial de Natal

Olá Loves! Demorou mais chegou! O resultado do top Comentarista especial de Natal
Estendi o Top Comentarista devido Dezembro ser sempre o mês de tumulto, e as pessoas não terem tempo de entrar e visitar o blog, devido a isso, resolvi emendar o top até Janeiro de 2014! Com isso, resolvi também presentear 2 comentaristas! Espero que tenham entendido e aproveitado! 
Vamos ao resultado?


Como podemos ver tivemos vários participantes, mas infelizmente alguns deixaram de comentar! E com isso foi reduzido a 3 top comentaristas!
E as ganhadoras são..tchan tchan...


Parabéns Meninas, enviarei um e-mail para vocês, a Raquel irá escolher qual livro irá querer e o segundo será da Pam!! 
Obrigada a todos que participaram! Bom, por enquanto o top comentarista fica por aqui, em breve terá mais! Mas, não deixem de comentar nas postagens do blog, seus comentários são sempre bem vindos!!